10/01/2018

2018: Reduzir, reutilizar, reciclar

Sei que o título diz 2018 mas é apenas uma reafirmação do meu estilo de vida. Até ao último dia do ano seguimos estas diretrizes para o nosso ego "verde". É optimo para o Mundo, para nós e a nossa casa até agradece o resultado final. Aconselho vivamente que se organizarem e façam um "destralhar". 


Roupa:
No último fim de semana do ano, tanto eu como o homem, fizemos uma seleção de roupa que já não usavamos mas que estão em perfeitas condições e pusemos de lado para doar. A minha mãe costuma levar para a escola porque há uma menina que precisa e adora receber as peças de roupa. Mas desta vez até a minha afilhada aproveitou algumas sweaters. Faço isto 2/3 vezes por ano além de comprar menos e de forma cada vez mais consciente.

2018


Mobília:
Também tínhamos uma secretária que (quase nova) já não era usada e só ocupava espaço. Ligámos à REMAR e foram recolher à hora marcada com simpatia, eficácia e em apenas 10 minutos (tivemos que a desmontar). Daqui a uns tempos faço questão de dar uma volta à cozinha e fazer o mesmo com copos, pratos e talheres extra.

2018


Reciclagem:
Tinhamos imensa tralha que só ocupava espaço. Papelada que já não tinha interesse, frascos de perfumes meus (lindos mas vazios), produtos quase-quase no fim e até utensílios de cozinha gastos. Tudo o que podemos reciclar foi para o Ecoponto e até os pequenos eletrodomésticos e utensílios foram parar à Rede Eletrão. Aproveitámos e fizemos a reciclagem "normal" e esvaziámos os nossos ecopontos caseiros.

2018


Claro que isto são tudo iniciativas que tomo depois de o "mal estar feito". Só posso reciclar plástico ou papel porque o comprei em primeiro lugar. E este ano vou pensar  de forma mais preventiva. Por exemplo, no trabalho é obrigatório colocar o tupperware com o almoço dentro de um saco antes o guardar no frigorífico por questões de higiene. Raramente preciso colocar a comida no frio então é menos plástico mas quando tenho mesmo que o fazer trazemos o saco para casa e tem uma segunda/terceira vida. Também levo sacos de pano para o supermercado quando compro fruta (outro uso para o tal saco do trabalho). Uso sacos grandes reutilizáveis para trazer as compras.
Leio e pesquiso cada vez mais sobre um estilo de vida sustentável. Acredito que se todos fizermos um pequeno esforço conseguimos uma grande diferença no Planeta.

31/12/2017

2017 acabou

O dia em que todos pensam no ano que passou. Todos os anos a mesma rotina. Eu costumo sentir-me agradecida, pois creio sempre que sou muito afortunada e que cumpro as minhas metas. 
Este ano foi um pouco mais amargo. Começou duro com a morte da minha avó. Ainda hoje é uma ferida aberta e sinto muito o sofrimento da minha mãe, que perdeu a mãe dela. Também voltou a ser um ano que tive de defender a minha casa e família de fogo. Mas foi diferente de todos os outros. Este tinha vida e levou demasiado com ele. Ainda estamos a renascer das cinzas.
É incrível como duas feridas abertas podem tornar o ano inteiro cinzento mas 2017 trouxe coisas boas para equilibrar a balança. Voltei à Holanda e passei uns dias em Amesterdão com o homem. Foi também um ano de concertos, vários brunch com as amigas, os meus primeiros Santos Populares, fiz um ano de trabalho na Accenture com uma promoção a meio, férias na Costa Vicentina e visitas a amigos no Algarve, a boa nova que vou ser "tia" em 2018 e muito planeamento do casamento.
Em 2018 vou trabalhar ainda mais. Passar mais tempo com a minha família e amigos. Continuar a viajar. A ser poupada e a pensar no futuro. E, sem dúvida, casar com o homem da minha vida.

2017


11/12/2017

Adventure and girl talk

Tenho um grupo de amigas mais coeso que me acompanha desde os célebres tempos da secundária. Neste momento, com cada uma na sua fase de vida, estamos um bocado espalhadas. Duas aqui em Lisboa, uma em Peniche, outra em Coimbra e outra no Reino Unido. 
Vamos tentando ver-nos com regularidade e o nosso grupo de Messenger é uma animação. Sempre que nos juntamos são horas de conversa, partilha e imensa diversão. E acreditem ou não, há sempre uma aventura que na altura pareceu um pequeno pesadelo mas depois fica óptimo para uma história do grupo. Neste dia em particular, foi um passeio sem problemas (graças a Deus que aquilo é alto e um bocado perigoso).
Fomos todas ao Miradouro de Monsanto. Ainda na altura da rebeldia e a puxar grades para poder visitar. Mas também já numa fase de preparação de abertura ao público porque estava tudo limpo de vidros e lixo. Deu para admirar os trabalhos no chão e nas paredes trabalhadas. A vista incrível e tirar fotos (semi) únicas.
Estivemos juntas há umas semanas e o melhor?? Vamos estar todas juntas novamente daqui a pouco tempo. Vamos fazer o jantar de Natal e o Amigo Secreto (que é raro ficar secreto). Já comprei a prenda para a minha miúda! Mas até vou ter algo para todas porque estão habituadas a receber amostras de produtos que a Biotherm me envia. Não ficaram fãs do último tal como eu, mas somos todas novas e frescas. Este Biotherm Skin Oxygen já vem mais ao encontro dos requisitos da nossa pele.
E assim de repente vou estar com amigos, família e colegas de trabalho em mais um Natal. Acreditam que daqui a 21dias vamos estar em 2018?

Adventure




10/12/2017

Christmas wishlist ou a minha veia consumista

Toda a gente gosta de receber prendas. Quem não admira os filmes em que se vê uma árvore de Natal brilhante e cheia de embrulhos coloridos por baixo? Eu acho uma imagem visual linda. Mas claramente consumista.
Para tentar controlar a minha veia de consumista tento ser racional. Claro que por vezes fico a sonhar acordada. Seguem uns exemplos de prendinhas perfeitamente aceitáveis e, acima de tudo, úteis. E pelo meio... uns devaneios que aquecem este coração de viajante.
Claro que se me oferecerem livros, acessórios como fios e lenços, um batom diferente, recebo-os com muito amor e alegria. Até meias e collants! A Calzedonia está com peças deslumbrantes!

Christmas
Adoro pijamas quentinhos. Podem cair de todos os lados que só me fazem feliz. 
(woman's secret)

Christmas
Uso a mesma mala preta há 4 anos. 
É grande, versátil mas está a desfazer-se aos poucos. (parfois)



Christmas
Não tenho luvas decentes. Apaixonei-me por estas da Zara. 
E se chegar o frio igual ao do ano passado vão ser bem úteis.


Christmas
Gosto de ter sempre um brow game forte. Expressão facial ao máximo!
Gosto de ter as sobrancelhas preenchidas e confio ao máximo na Benefit Cosmetics.
(cor 03 medium)


Christmas
Aqui está o devaneio. Metam-me num avião ou comboio para viajar e sou a pessoa mais feliz do mundo.
A Chocolate Box tem tudo para surpreender e preços simpáticos com este "quadrado" de chocolate.